O trabalho continua avançando segundo a vontade de Deus, com muitas vitórias. Neste ano já furamos um poço e cortamos algumas árvores em um terreno que ganhamos em Caiô, Guiné Bissau. Neste terreno deveremos construir a Igreja, a casa pastoral, uma escola e um posto de saúde. Deveremos fazer alguns blocos de  cimento a cada mês afim de podermos construir duas classes para a escola e assim manter o nosso testemunho referente ao terreno que pedimos ali. Todas as atividades seguem normalmente, tanto em Caiô como em Caiô Mete, que é uma aldeia próxima. O Nélson, nosso obreiro, está fazendo um bom trabalho. Hoje eles têm nestas duas aldeias em torno de 100 pessoas que ja se converteram (contando as crianças também). Esta aldeia é animista, ou seja, onde impera a feitiçaria.

Em Ndjiss, o Daniel (nosso obreiro) está fazendo também um bom trabalho. Temos ali em torno de 60 pessoas convertidas (incluindo as crianças) e um trabalho de evangelismo semanal de 300 crianças. Esta aldeia é islâmica de uma das confrarias mais fundamentalistas presentes aqui no Senegal. No mês de janeiro continuaremos a alfabetização ali com uma classe para aqueles que desejam saber ler e escrever o Serere, que é a língua deles.

Em Rufisque vai bem e o nosso obreiro Adrien está fazendo um bom trabalho. Moramos nesta cidade que tem mais de 350.000 habitantes e é muito resistente ao Evangelho de Cristo. Hoje temos em torno de 30 pessoas que fazem parte da igreja, mas há algumas delas que não podem vir à igreja devido a perseguição da família. Assim temos que conseguir fortificá-las e envangelizar suas famílias afim de que esta situação mude. Aqui estamos desenvolvendo 3 projetos sociais que são: Saúde, Alfabetização e Artezanatos.Fazemos a alfabetização de janeiro a maio, e os artezanatos de julho a dezembro de cada ano. Já a saúde começamos no dia primeiro de outubro passado, quando abrimos um posto de saúde, que está funcionando bem.

Começamos em 2010, a implantação de 4 igrejas, sendo 2 em Guiné Bissau e 2 e Senegal. Tivemos que desistir de uma em Guiné Bissau devido a problemas com o obreiro que estava trabalhando ali, e assim continuamos somente com as três restantes. Hoje podemos dizer que estas igrejas já estão implantadas (tendo em consideração o número de pessoas que estão participando das mesmas). Já temos as almas, o que é mais difícil, mas está faltando os templos; e agora é hora de construirmos estes templos.

Como contamos com um sustento suficiente somente para manter as atividades que temos por hora, não temos recursos para estas construções. Louvamos a Deus pelos parceiros na obra missionária que Ele nos deu, pois eles são fiéis e estão fazendo o máximo que podem fazer. Tendo em vista tudo isto, devemos voltar ao Brasil e tentar nos contactar outras igrejas e pessoas com o objetivo de conseguirmos estes fundos e construirmos estas igrejas.

Sabendo que este ano o nosso desafio maior seria voltado para as construções, estivemos orando desde janeiro afim de saber o que poderíamos fazer. Comunicamos com vocês afim de saber a possibilidade de conseguirmos estes fundos sem termos que voltar ao Brasil. Tendo em vista que não foi possível, decidimos retornar ao Brasil afim de buscar estes recursos. Recebemos uma aprovação do Senhor neste sentido. Como não temos recursos para as despesas de viagem de 2 pessoas, irei só. Sairei daqui no dia 15 deste mês às 23:15 horas e chegarei à Madri dia 16 às 4:40 horas. Ficarei em Madri até o dia vinte quando sairei às 12:00 horas com destino a São Paulo, chegando às 20:40 horas do mesmo dia. Irei ficar no Brasil três meses e retornaria ao Senegal no dia 15 de fevereiro de 2015.

Para que este plano possa funcionar bem precisaremos da ajuda de cada um de vocês afim de poderem contactarem outras Igrejas e pessoas fazendo uma agenda para que eu possa falar com as mesmas as nossas necessdiades. Vou ter que visitar os Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal. Preciso me programar bem para poder aproveitar bem esta viagem. Não poderei fazer vai e vem, e assim seria melhor dividir os 3 meses em três etapas, sendo uma para São Paulo, Paraná e Santa Catarina, outra para o Mato Grosso e a última para Goiás e Distrito Federal. Penso fazer em primeiro lugar São Paulo, Paraná e Santa Catarina; em Segundo lugar Mato Grosso e em terceiro lugar Goiás e Distrito Federal. Afim de dividir o tempo, vou precisar saber o que seria possível fazer em cada um destes lugares; e serão vocês que poderão me dar as informações necessárias.

Neste sentido, estou pedindo a cada um de vocês que, dentro das possibilidades nos digam como poderíamos fazer ai tendo em consideração o espaço de tempo e as igrejas e pessoas a serem visitadas.

Estas informações serão muito úteis para que eu possa executar o trabalho que devo executar. Estarei verificando a internet todos o dias afim de saber como me programar. Estou preparando um material afim de poder apresentar a todos. Quanto aos detalhes e demais informações, estarei comunicando quando estiver ai. Se tiverem alguma dúvida, me informem para que eu possa esclarecê-la.

Muito obrigado por tudo e um grande abraço de todos os irmãos das Igrejas Casa de Salvação e de todos os missionários daqui para todos os missionários dai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *